Tempos atrás, foi encontrado no estúdio de Michelangelo projetos para uma escola de artes. O homem que encontrou decidiu reformar o projeto e assim fundar a escola em sua cidade natal.
 
InícioInício  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 [RPG] Turnos aqui

Ir em baixo 
AutorMensagem
deantrbl trash
Admin
avatar

Mensagens : 34
Reputação : 2
Data de inscrição : 16/01/2016
Idade : 15
Localização : Floresta encantada de Nárnia

MensagemAssunto: [RPG] Turnos aqui   Ter Dez 20, 2016 8:51 pm


Institulo Le Rosey
Escola de Artes

Lugares

Escola — Área externa:
 
Escola — Área interna:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://instlerosey.forumeiros.com
deantrbl trash
Admin
avatar

Mensagens : 34
Reputação : 2
Data de inscrição : 16/01/2016
Idade : 15
Localização : Floresta encantada de Nárnia

MensagemAssunto: Re: [RPG] Turnos aqui   Sex Jan 06, 2017 11:08 pm


Segunda-Feira — 8:00 am
Clima: Frio, com neve fraca

Mais um dia amanhece em Perth, e assim o Instituto Le Rosey obriga convida seus alunos a levantarem para mais um dia de aula! Mas como nem tudo são rosas, a maioria corre por ai com anotações e cadernos tentando salvar suas notas de última hora, e essa é a única oportunidade dos mais estudiosos zoarem os festeiros, antes de serem zoados de volta. Enquanto isso alguns apenas aceitam que se deram mal e continuam rindo despreocupadamente na cafeteria, bem vindo a mais um dia de aulas no Instituto Le Rosey!
Citação :
L E I T U R A O B R I G A T Ó R I A

No momento, o RPG se encontra na metade do ano letivo, no caso no final do segundo de quatro bimestres. Os alunos já se acostumaram a olhar a cara tenebrosa dos professores durante a manhã e a encarar a comida da cantina, que alguém jura que viu se mexer!
Assim, o dia começa com nossas endemoniadas adoráveis crianças acordando e se preparando para o que esperam ser um ótimo dia! :)


LISTA DE DORMITÓRIOS
101 — Violet Jung, Mason Jones
102 — Kylie Graham, Oliver Hwang
103 — Allison Sætre
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://instlerosey.forumeiros.com
deantrbl trash
Admin
avatar

Mensagens : 34
Reputação : 2
Data de inscrição : 16/01/2016
Idade : 15
Localização : Floresta encantada de Nárnia

MensagemAssunto: Re: [RPG] Turnos aqui   Sab Jan 07, 2017 8:24 pm



oliver hwang
16 anos | escrita criativa | moda
interacting with — cachorra louca (@meiss)
local — bedroom

Meu alarme tocou anunciando que o fim de semana realmente tinha acabado, e dentro de alguns dias estaríamos entrando no período de provas. Dei fim naquele som irritante e me sentei na cama, logo me espreguiçando e parando para olhar em volta. O quarto estava muito bem arrumado, graças aos meus caprichos e paciência para colocar de volta tudo que Kylie tira do lugar. Falando nela, ainda dormia profundamente na cama ao lado, o que significava que teria que acordá-la. De novo. Me levantei e dei pequenos passos em direção a sua cama, e por mais que tivesse pena de incomodá-la, precisava fazer isso, era minha melhor amiga e não queria que se desse mal. — Kylie… — Disse, cutucando seu rosto. Esses momentos eram os únicos em que ela estava pacífica, já que geralmente agia como uma cachorra louca (yezi_-_crazy_dog.mp3). Vendo que não surtiu nenhum efeito, sacudi ela um pouco até que acordasse, o que demorou dois longos minutos. Quando finalmente deu certo, ouvi ela resmungar alguns xingamentos por ter a tirado de seu sono, em sua mente provavelmente ainda era domingo, então apenas a ignorei e fui ao banheiro para escovar os dentes. Tinha tomado banho na noite anterior justamente para não precisar tomar banho quando acordasse, não gosto de tomar banho de manhã, especialmente quando está nevando.
Terminando meu ato de higiene, sentei-me na cama e peguei meu celular, digitando uma mensagem para Violet, se bem a conhecia, sabia que ela e o Mason iriam desligar o alarme e voltar a dormir, sem se importar se chegariam atrasados ou algo do tipo, seu “sono da beleza” era mais importante.

[8:03 am] Oliver
Violet, levanta logo, eu sei que você desligou o alarme e voltou a dormir.

Não tinha como saber se ela tinha visto a mensagem ou não então só fiquei ali, com o aparelho em mãos, esperando alguma resposta. Me perguntava se os colegas de quarto tinham ido dormir de madrugada de novo por conta de mais alguma maratona tosca, tipo de filmes da Barbie ou algo do gênero. Suspirei, era como se fosse uma espécie de babá, mas mesmo assim não conseguia parar de falar com todos os três. Isso poderia se chamar de Síndrome do Melhor Amigo? Deve existir algo assim.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://instlerosey.forumeiros.com
Meiss

avatar

Mensagens : 29
Reputação : 13
Data de inscrição : 16/01/2016
Idade : 17
Localização : no fundo do poço

MensagemAssunto: Re: [RPG] Turnos aqui   Sab Jan 07, 2017 9:42 pm


Violet Jung
Interação: Ollie ♡ (@Alasca) e embuste
Local: Dormitório de Oliver e Kylie

Acordei com o som do alarme do meu celular, que tocava bem alto e estava me irritando profundamente. Eu já tinha trocado o toque do alarme umas cinco vezes por não conseguir gostar do mesmo toque por muito tempo, mas agora eu odiava todos que tinham no celular. Simplesmente desliguei o alarme e voltei a dormir, não estava disposta a levantar e ter que viver mais um dia naquele colegio que eu já não aguentava mais, e ainda tinha que conviver com pessoas tipo a embuste da Kylie. No final, as únicas coisas boas eram o clube de moda e o Ollie, que provavelmente era o único que não quer enfiar um machado na minha cabeça. Para piorar, os dias das provas já estavam próximos, e eu sabia um total de porra nenhuma, então teria que pedir ajuda ao Oliver, que era o único inteligente e que estudava entre nós, e ele era um amor, portanto acho que não se importaria em gastar algumas horas da sua vida comigo tentando me ajudar.
Eu já estava praticamente dormindo novamente quando senti meu celular vibrar, já que ele estava do meu lado. Resmunguei e peguei o mesmo, vendo uma mensagem de Oliver. "Violet, levanta logo, eu sei que você desligou o alarme e voltou a dormir." Respirei fundo, pensando se ele realmente me conhecia bem assim ou era tão previsível que eu faria isso. Fiquei olhando para o celular sem saber muito bem o que responder, pois era cedo e eu não funciono muito bem depois de acordar. Até que eu tive a maravilhosa ideia de fazer uma bela surpresa e aparecer no quarto dele do nada, já que somos super amigos e ele não vai se importar.

[8:05 am] Violet
Cinco minutos, por favor~ ♡

Cinco minutos seria o tempo em que eu ia me arrumar e chegar lindamente lá, mas ele provavelmente acha que eu pedi mais cinco minutos dormindo, já que todo mundo achava que eu era super preguiçosa e que vivia dormindo. Eles estão certos, mas isso não vem ao caso. Troquei de roupa super rápido já que não queria aparecer lá de pijama e escovei os dentes, logo depois tentando arrumar meu cabelo e ficar no mínimo apresentável. Logo depois fui até Mason, que continuava morto na cama e sacudi ele.– Ei, demônio, eu vou no quarto do Ollie, e é melhor você acordar logo ou eu vou bater na sua cabeça com uma pá.– Disse, sendo um amorzinho como sempre. Saí do quarto logo depois, indo até o quarto de Oliver, que também era da Kylie mas ninguém se importa. O bom era que o quarto ficava do lado do nosso, então nem tinha que andar direito. Parei em frente a porta e a abri com tudo, dando um sorriso.– Bom dia, Ollie! O amor da sua vida chegou, então fique feliz. – Disse, rindo um pouco logo depois. Eu quase sempre tentava ser legal com o Oliver, já que, como disse, ele era a única pessoa que não queria me matar naquele colégio e era um amorzinho, e eu não queria perder sua amizade. E tinha o fato de que eu preciso urgente de ajuda nas matérias. Olhei em volta do quarto e só assim lembrei de Kylie, já que as vezes eu esquecia dela.– Bom dia, embuste. – Esse era o jeito que eu demonstrava amor para a Kylie, e ela já tinha se acostumado, então está tudo ótimo. Sentei na cama de Oliver e fiquei ali, olhando para eles.


Kylie Graham
Interação: Ollie (@Alasca) e ronquifuça
Local: Dormitório
O alarme do celular de Oliver tocou e eu realmente não queria acreditar que o fim de semana tinha acabado e eu teria que fingir ser normal pelos corredores da escola e ainda ter que assistir as aulas. E o pior era que as provas estavam chegando e eu não sabia praticamente nada, nem que materia ia cair. Acho que meu destino na terra é sofrer mesmo, porque tá difícil.
Eu fingi não ter escutado o alarme tocar e continuei dormindo, vai que Oliver esquecia da minha existência que nem a namoradinha dele faz e me deixava dormir o dia todo. Infelizmente aconteceu bem diferente do que eu esperava e a criatura veio chamando meu nome e me cutucando, mais precisamente no rosto. Fingi que não tinha sentido nada e talvez ele pensasse que eu morri e me deixasse, mas óbvio que ele tinha que vir e me sacudir, o que fez eu resmungar milhares de xingamentos um pouco baixos e falar uma frase muito boa também conhecida como "Vai fazer um kibe, caralho" que é basicamente o que eu falo quando alguém vem me irritar. Mentira, essa foi a primeira vez que eu usei e eu nem sei porque eu falei isso. Sentei na cama e Oliver foi ao banheiro, enquanto eu continuava olhando para a parede com cara de bunda. Oliver voltou logo depois e pegou o celular, provavelmente indo mandar uma mensagem para Violet ou Mason, já que os dois provavelmente ainda estavam dormindo e desse jeito chegariam atrasados. Decidi me levantar e ir ao banheiro, escovando os dentes e arrumando o cabelo, nem trocar de roupa eu fiz, a preguiça praticamente tinha me dominado.
Assim que eu saí do banheiro encontrei com Violet, vulgo a namoradinha, no quarto falando com Oliver, enquanto eu ficava olhando os dois conversarem já que eu meio que fiquei de fora, como sempre. Até que Violet finalmente notou minha presença e me deu um bom dia, me chamando de embuste. Odeio ela.– Bom dia, ronquifuça.– Respondi, enquanto observava ela sentar ao lado de Oliver. Peguei meu celular e mandei uma mensagem para Mason.

[8:11 am] Kylie
Vem para cá logo ou eu vou aí te pegar pelo pé e sair arrastando pelo corredor. sz

Mandei um coraçãozinho para que não ficasse com tanta cara de psicopata, mas acho que não funcionou muito. Enfim, apenas encostei minha cabeça na parede e fiquei observando os dois conversarem.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
deantrbl trash
Admin
avatar

Mensagens : 34
Reputação : 2
Data de inscrição : 16/01/2016
Idade : 15
Localização : Floresta encantada de Nárnia

MensagemAssunto: Re: [RPG] Turnos aqui   Dom Jan 08, 2017 5:19 pm


mason jones
17 anos | fotografia | vagabundo
interacting with ☾ demônio, oliver e kylie (@meiss t amoh)
local ☾ bedroom

Tento entender porquê diabos a Violet coloca um despertador para as oito da manhã se ela sabe que não vai levantar até o Oliver pedir, os dois se amam tanto que chega a ser nojento, e a pior parte é que ninguém fala nada. Quando o som que aquele aparelho emitia chegou aos meus ouvidos, fiz o surdo que não tinha escutado, quem sabe assim ela me largava no quarto para poder dormir por mais tempo. Infelizmente, não deu certo. Como sempre, foi uma pessoa super fofa e ameaçou me bater com uma pá caso eu não levantasse, nada que eu não estivesse acostumado a ouvir. — Tá, vai la ver seu namorado, vai. — Ia aparecer naquele dormitório de qualquer jeito, até porque eu, a Violet e a Kylie planejamos uma festa do pijama antes das provas e não contamos para o Oliver. Que coisa, não é mesmo. Depois de mais uns cinco minutos deitado, depois da Violet ter saído, a Kylie me mandou uma mensagem me ameaçando. A amizade é mágica. De qualquer forma, larguei o telefone em cima da cama e tomei coragem para levantar e trocar de roupa. Escovei os dentes e fui ao meu armário, caçando algo que ainda estivesse usável. Por incrível que pareça, estava tudo meio que organizado, o Oliver deve ter invadido o quarto no meio da noite ou algo assim. Eu e a demônia temos um sono pesado demais para notar, ele poderia trazer o Aero Smith para fazer um show e a gente nem ia perceber. Isso tem suas vantagens e desvantagens. Peguei minhas roupas e voltei ao banheiro, para terminar de me arrumar e recuperar o posto de pessoa mais bela daquela escola, que tinha perdido para a versão mais arrumada de mim mesmo. Assim que estava pronto, peguei o aparelho que tinha sido largado em cima da cama e me dirigi ao quarto ao lado, que era onde o resto das personagens do My Little Pony estavam.

Só tem um detalhe, não consigo evitar e sempre chamo a atenção quando entro em algum lugar. Ser uma pessoa tão bela é cansativo, chego a estar suando. Abri a porta e eles estavam todos com uma esplêndida cara de cu, o que iria mudar com  minha presença naquele cômodo.
— Não precisam mais ficarem com essas caras feias, a melhor pessoa dessa escola inteira acabou de chegar. — Alguns dizem que isso seria se vangloriar, mas eu chamo de falar a verdade, doa a quem doer. Adentrei mais o quarto e me sentei do lado da Kylie, que estava a definição perfeita da frase “estou vivendo ou apenas existindo?”, sendo que esse é o meu meme. Fui traído na minha própria casa.


oliver hwang
16 anos | escrita criativa | moda
interacting with — cachorra louca, violet ♡ e mason (@meiss t amoh)
local — bedroom

A manhã poderia ser totalmente pacífica, isso se eu não morasse num zoológico. Não que eu não goste, amo os meus amigos, claro, mas um pouco de silêncio de vez em quando não é ruim. Deixar de ser escravo e professor particular também seria bem legal. Também seria legal se a Kylie parasse de me chamar de Bibsfiha e me mandar fazer um kibe, eu não sei porque ela faz isso ou o que significa. Mason disse que eu deveria tirar uma foto dela babando no travesseiro e mandar para todo mundo, mas seria cruel e ela não merece isso, mesmo que me chame de Bibsfiha e seja como uma cachorra louca. A Violet era a que me tratava melhor, mesmo que fosse um pouco agressiva quando precisava de mim para ser modelo dela porque ninguém mais quer. Falando nela, tinha respondido minha mensagem pedindo mais cinco minutos, que eu imaginei ser mais tempo para dormir, mas surpreendentemente ela apareceu no meu quarto depois de cinco minutos. Nem eu me arrumo tão rápido assim. Ela me desejou bom dia, dizendo que o amor da minha vida tinha chegado. Corei um pouco quando ela disse isso, mas fingi que não e continuei agindo normalmente. O modo como ela e a Kylie se relacionam é cômico porque elas vivem se xingando, o bom dia delas inclui palavras como “embuste” e “ronquifuça”, é uma relação cheia de carinho. — Bom dia, Violet! — Não pude segurar um sorriso ao dizer isso, o que na minha mente era algo perigoso, até porque a Kylie me disse que todo mundo já tinha percebido que eu gostava dela, o que era preocupante. Ela se sentou do meu lado, e foi nesse ponto que eu lembrei do meu pijama, que não era bem um pijama porque só consistia numa camisa de Harry Potter num tamanho maior que o meu. — Espera um pouco, eu vou trocar de roupa. — Sinto que falei um pouco rápido demais, espero que seja coisa da minha cabeça. Enfim, me levantei e peguei uma roupa no armário que era 90% da Kylie, 5% coisas que a Violet e o Mason largam aqui e 5% meu e me dirigi ao banheiro, querendo ser um avestruz e enfiar minha cabeça na terra. Elas não pareciam estar falando dentro do quarto, mas me sentia ansioso, por algum motivo.

No exato momento em que saí do banheiro, Mason chegou no quarto se achando como sempre. Mesmo assim, soltei uma risada leve com o que ele disse, seu narcisismo parecia nunca ter fim. Ele se sentou do lado da Kylie e eu me sentei novamente ao lado da Violet. Sinto que os três tem escondido algo de mim na última semana, mas eu não tenho ideia do que possa ser. Um dia, na hora que eu entrei no quarto eles simplesmente pararam de conversar. Sendo assim, reuni coragem para perguntar algo, mesmo sabendo que seria chamado de Bibsfiha e levaria uma patada. Das feias.
— Então...O que nós vamos fazer hoje? — Fiquei tenso, mesmo sendo uma pergunta comum, e esperei pela resposta.


Última edição por deantrbl trash em Qua Jan 11, 2017 10:47 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://instlerosey.forumeiros.com
Meiss

avatar

Mensagens : 29
Reputação : 13
Data de inscrição : 16/01/2016
Idade : 17
Localização : no fundo do poço

MensagemAssunto: Re: [RPG] Turnos aqui   Dom Jan 08, 2017 9:19 pm


Violet Jung
Interação: Ollie ♡, capeta e embuste (@Alasca tambem te amo htinha)
Local: Dormitório de Oliver e Kylie

Dividir o dormitório com Mason significava dividir o dormitório com o capeta. Não que eu fosse um anjo, eu era algo bem longe disso, mas ninguém liga e eu só queria reclamar mesmo. Eu sei que ele odiava o meu alarme e tinha vontade de jogar ele pela janela, e também odiava quando eu o acordava todo dia com uma ameaça diferente, mas eu nem ligo mesmo.– Ele não é meu namorado, somos só amigos. – Respondi, respirando fundo. Kylie e Mason viviam falando coisas do tipo que insinuavam que éramos um casal, sendo que realmente éramos só amigos. Por mais que eu gostasse dele, nós não estávamos juntos, já que a vida é uma bosta mesmo.
Depois que eu cheguei lindamente ao quarto do Ollie, o mesmo me deu um bom dia e sorriu, e eu não consegui não sorrir de volta, acho que isso seria meio impossível. Eu sentei na cama dele mas logo o mesmo levantou, falando que iria trocar de roupa. Eu não tinha notado seu pijama até então, que consistia em uma camisa do Harry Potter um pouco maior. Provavelmente ele percebeu que eu notei o pijama, já que eu não soube disfarçar muito bem. Também fiquei imaginando que Kylie o via todo dia com esse pijama e nunca falou nada. Ela é uma vaca mesmo.– Ah... Camisa legal.– Eu meio que não sabia o que falar, e isso ficou bem perceptível. O mesmo foi se trocar e, quando voltou, o capeta vulgo Mason entrou chamando um pouco de atenção no quarto, se vangloriando um pouco. Eu não posso reclamar já que sempre faço isso. – Ai meu Deus, o outro embuste chegou, acho que vou ali me jogar pela janela.– Brinquei, revirando os olhos enquanto olhava para Kylie e Mason, logo depois deitando minha cabeça no ombro de Oliver depois que ele voltou a sentar do meu lado, já que eu estava morrendo de sono e ter que olhar para os demônios estava cansando ainda mais meus olhos. Mentira, amo eles, nossa amizade é magica que nem no My Little Pony. Com todos nós já no quarto, Ollie perguntou o que iríamos fazer hoje. Isso significa que ninguém contou para ele da festa do pijama, coitado. Olhei para Mason e Kylie esperando que alguém falasse algo, mas eles continuaram quietos.– Ah... Mason, responde ele. – Eu sempre jogava a responsabilidade para o Mason, acho que ele deve me odiar bastante por isso, uma pena.

Kylie Graham
Interação: Oliver, ronquifuça e sopão (@Alasca tambem te amo htinha)
Local: Dormitório

Ter que acordar todo dia com o alarme de Oliver era uma bosta, ainda mais que ele sempre ia tentar me fazer levantar logo depois, mesmo estando super cedo e eu estivesse praticamente um zumbi. Na verdade, Oliver acordava todos nós, já que logo depois ele sempre mandava uma mensagem para Mason e Violet. E toda vez que ele me acordava eu acabava falando milhares de xingamentos, mandando ele ir fazer um kibe e o chamando de bibsfiha, mesmo que eu nem saiba o porque disso, mas eu continuo chamando porque eu sou uma escrota mesmo.
Após Violet ter chegado ao quarto, ter me ignorado e logo depois me xingar como se a gente se odiasse completamente, Oliver deu bom dia para ela e sorriu, e a mesma sorriu de volta, enquanto eu revirava os olhos e queria morrer. – Não se beijem na minha frente, por favor, eu não quero ter que me jogar pela janela para não ter que ver isso.– Eu sei que eles não estão juntos, mas não por muito tempo porque eu sou uma ótima cupido e tenho um ótimo ajudante que ainda estava morto na cama e eu queria tacar fogo nele. Eu mandei uma mensagem e ele não respondeu, então eu eu espero realmente que ele esteja se arrumando e vindo para cá. Oliver levantou para trocar de roupa e eu vi que ele estava querendo morrer por causa do pijama e eu acabei rindo um pouco, tentando esconder com a mão, enquanto Violet analisava e comentava sobre a camisa. Eu meio que já tinha acostumado com o pijama dele, eu até pensei em mandar uma foto para os outros, mas esqueci.
Mason finalmente chegou um tempo depois, se vangloriando como sempre, e eu acabei rindo um pouco.– Uau, que sopão da porra.– Se fala sapão, mas eu falei sopão porque eu sou retardada mesmo e ele provavelmente não iria entender. Ele sentou do meu lado e ficamos sem falar nada por um tempo, até que Oliver cortou o silêncio, perguntando o que iríamos fazer hoje. Houve outro silêncio, até que Violet jogou toda a responsabilidade para Mason.– É, Mason, responde ele. – Mason iria querer matar a gente, mas eu sei que ele não iria conseguir por não ter coragem de matar sua querida amiguinha no caso eu, a Violet eu não tenho tanta certeza que chegaria a sobreviver.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
deantrbl trash
Admin
avatar

Mensagens : 34
Reputação : 2
Data de inscrição : 16/01/2016
Idade : 15
Localização : Floresta encantada de Nárnia

MensagemAssunto: Re: [RPG] Turnos aqui   Qua Jan 11, 2017 11:25 pm


mason jones
17 anos | fotografia | vagabundo
interacting with ☾ demônio, oliver e kylie (@meiss t amoh)
local ☾ bedroom

Admiro a coragem das pessoas que decidiram os dormitórios, me deixar com a Violet não é algo que qualquer faria. Ou essas pessoas confiam muito na gente, ou isso é uma mensagem subliminar de que deveríamos destruir a escola porque eles odeiam o trabalho, e eu acredito que seja a segunda opção. Quem gosta de trabalhar? Por favor, né. Considerando que já quebramos uma cadeira do dormitório sem querer, acho que tacar fogo em alguma coisa e incendiar a escola não seria tão complicado, ou então poderíamos só enfiar um rato na calça do diretor todo dia até ele desistir. Mas isso não vem ao caso, o ponto é que a minha querida-não-tão-querida colega de quarto tentava me conhecer que o garoto que vivia ao lado não era seu namorado. Ah tá. — Ele não é seu namorado, ainda. Fala sério, para de enrolar e chama ele pra ir no cinema, sei lá, ele vai aceitar qualquer coisa que você quiser. — A verdade é que eu não ligava para a relação deles, mas acontece que se eu não ajudasse a Kylie a juntar os dois, ela ameaçaria me matar usando um extintor para esmagar minha cabeça. Mal sabe ela que eu assisto Naruto e não cairei nesse genjutsu. Fiquei sentido pela demônia realmente ter saído antes que eu me levantasse, ela sabe muito bem que sem um bom incentivo, eu ficaria naquela cama para o resto da minha vida; se eu repetir a culpa será toda dela. Mas felizmente, a querida bibsfiha me mandou uma mensagem ameaçadora que era o suficiente para com que eu tomasse vergonha na cara para levantar.

O clima dentro daquele quarto parecia um velório, eles nunca aquietavam o cu, estava até estranhando. No instante que entrei, a pessoa mais desagradável naquele cômodo tinha que fazer um comentário, já era padrão. Coloquei a mão em meu peito, fingindo estar ofendido quando ela me chamou de embuste.
— Ninguém vai te impedir de se jogar, imunda. — Aprendendo como demonstrar amor aos seus amigos, tutorial por Mason Jones. Eu, a Kylie e a Violet não éramos muito carinhosos, nosso jeito de demonstrar afeto era xingando, incentivando suicídio, empurrando os outros da escada, enquanto o Oliver tratava cada um como se fosse de vidro. Minha meta de vida é ser paciente assim e conhecer a Emíllia Clarke. Observei a rata deitar a cabeça no ombro do anjinho, e não pude evitar de olhar para a Kylie, ela sabia o que eu estava pensando. Só que todas as nossas tentativas de fazer os dois se pegarem falharam, casal lerdo da porra. Minha atenção só voltou ao que estava acontecendo quando Oliver perguntou o que faríamos hoje, e as duas falsas me entregaram. Tá, elas não me entregaram, mas pedir para que eu falasse é quase a mesma coisa. Lancei um olhar de ódio para as duas, que sabiam muito bem que eu não iria deixar barato. — Então...Nós três planejamos uma festa do pijama para hoje, aqui no seu quarto. — Eu não tinha medo do Oliver, mas sempre tenho um pé atrás. Vai que um dia ele dá a louca e tenta matar todo mundo, nunca se sabe, ele já aguentou nossas merdas por muito tempo. — Vai ser legal! A gente até conseguiu um karaokê, e se você quiser eu peço aquela pizza horrível com abacaxi que você gosta. — Eu sabia que ele ia ceder caso a Violet pedisse, então olhei para ela, tentando fazer com ela entendesse o recado e falasse algo. Mas mesmo assim, tentei amenizar, ele poderia aceitar e não ler o livro de química inteiro pela segunda vez se tivesse aquela pizza tenebrosa. Claro que vai ser metade abacaxi e metade mussarela, porque ninguém merece.



oliver hwang
16 anos | escrita criativa | moda
interacting with — cachorra louca, violet ♡ e mason (@meiss t amoh)
local — bedroom

Foi meio difícil me acostumar a dividir o dormitório com a Kylie, já que eu tenho costume de acordar cedo e ela gosta de dormir até tarde, tinha medo de colocar o alarme e ela se chatear comigo por acordar as sete da manhã, mas depois de um tempo ela se acostumou, hoje em dia nem escuta mais o telefone tocar e eu tenho que acordá-la. Como se não bastasse, eu também tinha que acordar a Violet e o Mason, mas me sentia bem sabendo que eles não se atrasariam, mesmo que tivesse que aguentar os xingamentos por ter acordado tão cedo, mas acho que faz parte. Entretanto, isso acontece porque eles gostam de ficar até tarde fazendo coisas não tão importantes, como ver clipes antigos da Britney Spears e da Lady Gaga, só não posso dizer isso a eles, ou então serei ameaçado todos os dias. As vezes, até tentavam me arrastar para o buraco com eles, e quase sempre deixava, o lado ruim de gostar tanto dos três. Kylie e Mason insistiam que eu e a Violet namorávamos, e por mais que eu quisesse, achava que ela não gostava de mim dessa forma, e a bibsfiha deixava claro o quanto ela nos apoiava ao pedir para não nos beijarmos na frente dela. — Quantas vezes temos que dizer que não namoramos? — Cada vez que eu dizia isso era uma lágrima que derramava por dentro, mas ninguém sabia disso. Eu acho que não. Como se já não estivesse envergonhado o suficiente, Violet precisava comentar sobre a camisa de Harry Potter que usava para dormir. — Ah...Obrigado, eu gosto muito de Harry Potter — Tentei não olhar para ela, tentando esconder como meu rosto estava vermelho.

Eu podia sentir a tensão que vinha dos três, especialmente da Violet, que se sentava perto de mim. Mason tinha sido o escolhido para me contar o que estava acontecendo, e eu me ajeitei na cama, esperando que ele contasse. Estava ansioso. Quando ele finalmente abriu a boca, disse estarem planejando um festa do pijama, para aquela noite, quando as provas começam no dia seguinte.
— E quando vocês pretendiam me contar isso? — Não estava bravo, nem um pouco, eles escondem coisas de mim o tempo todo, não é nada novo. Tentou me comprar usando minha pizza preferida contra mim,  o que infelizmente deu certo, estava com vontade de comer pizza a dias. — Tudo bem, então. Mas me contem sempre que vocês planejarem algo. — Sempre pedia isso e eles continuavam sem me avisar, entrava por uma orelha e saía pela outra. O Mason e a Kylie especialmente, nem olhavam na minha cara quando tocava no assunto, a Violet, pelo menos, fingia estar me escutando, quando sei que na verdade ela está mais preocupada em conferir as datas da Fashion Week.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://instlerosey.forumeiros.com
Meiss

avatar

Mensagens : 29
Reputação : 13
Data de inscrição : 16/01/2016
Idade : 17
Localização : no fundo do poço

MensagemAssunto: Re: [RPG] Turnos aqui   Qua Jan 18, 2017 9:37 am


Violet Jung
Interação: Ollie ♡, capeta e embuste (@Alasca tambem te amo htinha)
Local: Dormitório de Oliver e Kylie

Acordar todo dia naquele lugar era uma merda. Minha rotina consistia em três coisas: Acordar com o alarme, xingá-lo até a morte e esperar uma mensagem de Oliver. E no momento ainda tinha que acordar Mason, que era um demônio preguiçoso que precisava de muito esforço para acordar. No momento ele tentava colocar na minha cabeça que eu e Oliver ainda iríamos namorar e que eu deveria chamar ele para sair, tipo ir no cinema ou sei lá.– E como você pode ter tanta certeza que o Oliver vai aceitar sair comigo?– Tinha muito medo de levar um fora, por mais que provavelmente o fora de Oliver fosse a coisa mais educada do mundo, ainda sim seria um fora. E eu realmente gostava dele, não queria estragar tudo. 
Outra coisa que me irritava em Mason e Kylie era o fato de não conseguirem ficar de boca calada e a cada cinco segundos falar algo sobre eu e o Oliver estarmos namorando. Eu ficaria muito feliz se isso fosse verdade, mas não sabia se Oliver também gostava de mim, então acabava ficando com cara de cu e depois indo para o meu quarto assistir filmes de romance com sorvete. Kylie no momento estava pedindo que eu e Oliver não nos beijássemos na sua frente, e eu obviamente fiz uma cara feia.– Somos apenas amigos, para de falar merda.– A verdade era que eu ficava bem triste toda vez que eu falava isso, mas eu conseguia fingir que não. Oliver saiu para trocar de roupa e eu tinha que fazer algum comentário sobre sua camisa, e o mesmo agradeceu, falando que gostava muito de Harry Potter. Ele provavelmente estava morrendo por dentro, enquanto Kylie era uma escrota e continuava rindo. Eu preferi ficar quieta, seria melhor para todo mundo.
Oliver fez uma pergunta que deixou nós três um pouco tensos e eu acabei jogando a responsabilidade para Mason porque eu sou uma escrota. Mason começou a explicar sobre nossa festa do pijama que planejamos super bem e escondemos do Oliver por algum motivo que ninguém sabe. Mason olhou para mim como se pedisse que eu falasse algo.– Ah... Nós pretendiamos te contar hoje, claro. Por favor, Ollie, a gente promete não fazer muito barulho e também não quebrar o quarto todo.– Eu sei que essa promessa provavelmente ia ser quebrada em dois segundos, mas eu estava tentando convencer meu querido amigo que seria uma ótima ideia. Eu realmente fiquei bem feliz quando ele deixou e o abracei, por mais que tivesse certeza que Kylie e Mason iam falar algo sobre e eu teria que matar eles. – Obrigada, Ollie. Você sabe que eu te amo, né? – Disse, rindo um pouco. Acabei falando isso um pouco baixo para que os embustes não tivessem a oportunidade de fazer piada e logo depois fiz um coração com os dedos, brincando. Talvez não seja tão brincadeira, mas enfim.


Kylie Graham
Interação: Oliver, ronquifuça e sopão (@Alasca tambem te amo gatinha)
Local: Dormitório

O dia ia ser cheio e bastante cansativo, isso era certo. Tínhamos que estudar o dia inteiro já que amanhã começaria as provas e ninguém aqui estudava além do Oliver, que era a única pessoa responsável que tinha naquele lugar, mas nós estávamos tentando levar ele para o fundo do poço com a gente também, já que fazer varios nadas e assistir filmes da barbie são coisas bem mais divertidas que estudar.
Violet tinha chegado no quarto sem a gente tivesse chamado ela, uma escrota mesmo. No momento eles tentavam me convencer que eram só amigos e que eu estava falando merda.– Por favor, vocês tem que admitir logo que se amam. E vocês ainda vão namorar, isso é óbvio. – Eu ainda ia fazer esses dois ficarem juntos e Mason ia me ajudar. Oliver provavelmente queria se jogar da janela por conta do que eu disse e logo depois porque Violet tinha que comentar sobre sua camisa. As vezes eu acho que o Oliver veio a este mundo para sofrer, coitado.
O anjinho tentou quebrar o silêncio perguntando o que iríamos fazer hoje, e todos ficaram quietos por uns segundos já que nós praticamente estávamos escondendo bastante coisa dele, tipo que iríamos fazer uma festa do pijama no nosso quarto e que envolveria coisas tipo filmes de terror, que ele odeia, e verdade ou consequência, que ele provavelmente passaria a odiar. Violet teve a genial ideia de jogar toda a responsabilidade em Mason, e eu acompanhei já que não queria ter que ser a escolhida e contar tudo para Oliver. Mason começou a explicar a nossa ótima ideia que tinha tudo para dar certo e ainda usou a pizza horrorosa de abacaxi que Oliver, e somente ele, gostava para conseguir a aprovação do mesmo, e depois que Violet também fez a sua parte em convencer a criatura já que todos nós sabemos que ele aceitaria super rápido caso ela pedisse, e obviamente o mesmo aceitou, e pediu que da proxima vez nós contássemos antes quando fôssemos planejar algo.– Ah, claro, pode confiar em nós. – É óbvio que nós vamos esquecer de contar para ele, nem sei como ele consegue confiar tanto em nós.  Violet abraçou Oliver logo depois e eu olhei para Mason, sorrindo. Ele sabia o que eu estava pensando. Esses dois não iam conseguir escapar de hoje a noite, meu serviço de cupido finalmente ia ser usado.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
deantrbl trash
Admin
avatar

Mensagens : 34
Reputação : 2
Data de inscrição : 16/01/2016
Idade : 15
Localização : Floresta encantada de Nárnia

MensagemAssunto: Re: [RPG] Turnos aqui   Qui Fev 23, 2017 7:02 pm

Citação :
eu amo lq icons eh nos
serio lq icon eh uma coisinha tao fofa, amo demaisss


mason jones
¹⁷ ᵃᶰᵒˢ | ᶠᵒᵗᵒᵍʳᵃᶠᶤᵃ | ᵛᵃᵍᵃᵇᵘᶰᵈᵒ
interacting with ☾ demônio, oliver e kylie (@meiss t amoh)
local ☾ bedroom

A festa do pijama tinha sido planejada totalmente sem o conhecimento do Oliver, mas o quarto também era da louca, então já era meio caminho andado, além de que a Violet era nossa arma secreta; ele se jogaria da ponte se ela pedisse, todo mundo sabe disso. Mas, as vezes, as pessoas vem perguntar se ele é gay ou algo assim, não as culpo, eu mesmo já suspeitei. As duas demônias jogaram a responsabilidade toda em cima de mim, como sempre, mas com o tempo já tinha conseguido pegar o jeito de como falar com o Ollie, apesar de assassinar as duas com o olhar por me fazerem passar por isso, era muita pressão. Os métodos para persuadir-lo são muito simples, é só falar daquela pizza ruim que ele gosta e mencionar um karaokê com Panic! At The Disco, Paramore, My Chemical Romance e as outras bandas de emo que ele gosta de ficar escutando. Acho que meu querido amigo ainda está preso na era emocore do Tumblr, que tinha todos aqueles cabelos horrorosos e os trinta milhões de bichos de pelúcia pendurados no telefone. Ele tem um chaveiro, mas é pequeno, acho que é aquele bichinho do Kakao Talk, alguma coisa assim. Não sei o nome, mas acho que ouvi a Violet mencionar que é um leão sem juba. Ouvi a voz feminina dizendo que não iríamos fazer barulho ou destruir totalmente o quarto, e apesar de ser uma incrível mentira, fiquei concordando com a cabeça, da forma mais inocente que conseguia. — A gente também vai ver The Breakfast Club, além de ser seu filme preferido, é nossa tradição de festa do pijama! — Nós tquatro gostavamos muito de The Breakfast Club, era obrigatório assistir esse filme em todas as nossas festas do pijama, que eram frequentes. De vez em quando, víamos outros filmes (como Mean Girls ou High School Musical, por exemplo), ou então fazíamos uma maratona de Sherlock ou Doctor Who. Apesar de negar com todas as forças, éramos um bando de nerds. Assim que ouvi a senhorita Jung dizer que amava o rapaz ao seu lado, olhei para Kylie e ela sabia exatamente o que eu queria dizer. — O amor é lindo, não é mesmo? É como se o mundo tivesse ficado cor-de-rosa depois dessa linda cena. — Disse com um falso olhar sonhador, zoar os dois era uma das atividades que mais gostava. Ri um pouco e ergui a mão, para dar um high five com a mula sentada do meu lado, nosso serviço de cupido era o melhor da Terra. Enfim, lembrei que tinha que agradecer ao Oliver por ter deixado a gente alugar o quarto por uma noite, aquela ia ter que ser a melhor festa do pijama de todas, o período antes das provas tinha que ser fechado em grande estilo, com chave de ouro! — Obrigado, Oliver! Você é a melhor pessoa dessa escola! — Sorri e fiz um joinha com a mão, estava bem mais feliz ao saber que agora todos os nossos planos entrariam em ação, ia até anotar tudo para lembrar o que dizer no verdade ou desafio mais tarde. Essa noite vai ser bem longa.

Depois de debater tudo para mais tarde, fiquei de pé, olhando para meus companheiros, antes de checar o relógio. Tínhamos um total de cinco minutos para chegar na sala e não levar falta, o que queria dizer que nosso sonho de correr pela escola, repetindo a cena do filme, iria se realizar. — Vocês já olharam a hora? Não querem levar falta do professor mais chato da história dessa escola, né? — Peguei minha mochila e me dirigi a porta, minhas mãos encontraram a maçaneta, logo a girando, pronto para deixar o ambiente. O tempo estava passando, tínhamos que ser rápidos, ou pegaríamos detenção e tudo iria por água abaixo.


oliver hwang
¹⁶ ᵃᶰᵒˢ | ᵉˢᶜʳᶤᵗᵃ ᶜʳᶤᵃᵗᶤᵛᵃ | ᵐᵒᵈᵃ
interacting with — cachorra louca, violet ♡ e mason (@meiss t amoh)
local — bedroom

O silêncio imediato depois da minha pergunta delatou que os três estavam tramando algo pelas minhas costas, mas não era nada de novo, eles sempre tramavam algo pelas minhas costas e só avisavam de última hora; e eu sempre os perdoava por isso, era um ciclo sem fim. Acabou que o plano no fim das contas era só uma festa do pijama, melhor que tudo que já tinha passado pela minha cabeça. Achei que fossem sugerir algo como sair a noite, mas íamos perder a hora de voltar e o jeito seria esperar do lado de fora da escola, esperando os portões abrirem, no frio. Felizmente, gosto muito de festas do pijama, estou na minha zona de conforto e não preciso me preocupar em vestir algo bom, posso simplesmente usar meu pijama mais confortável e pronto, tem algo melhor que isso? Acabei sem conseguir segurar o sorriso, estava ficando animado com esse pequeno evento, ainda mais quando Mason disse que poderíamos pedir a pizza que eu gosto, mesmo que eu coma sozinho. Esse pessoal não sabe o que é bom, quanto mal gosto. — Acho que pode ser legal, se vamos fazer isso tudo que vocês falaram. — É muito fácil me convencer, já tinha pegado pilha, então ficaria chateado se por algum motivo essa festa não pudesse realmente acontecer, mas sei que vai dar tudo certo. Ouvi o que tinha sido planejado para a noite atentamente, e tive que sorrir ainda mais ao ouvir que iríamos manter nossa tradição de assistir The Breakfast Club juntos, eu simplesmente amava aquele filme! Todos os personagens eram tão incríveis e engraçados do seu próprio jeito, assistiria sempre se pudesse. Além disso, acho que eles não devem ter falado tudo que seria feito, talvez para me fazer uma surpresa, mas já estava feliz o suficiente com The Breakfast Club, a pizza e o karaokê, já era a melhor festa de todos os tempos, isso porque ainda nem tinha acontecido ainda. Senti meu rosto esquentar um pouco ao ouvir a Violet dizer que me amava, sabia que ela dizia isso no sentido de amigo, ou só por estar agradecendo, porém evitar seria algo impossível. Todo esse rubor foi embora depois de prestar atenção no que Mason tinha dito, não perdia uma oportunidade sequer de nos zoar, mesmo dizendo várias vezes que não estávamos namorando e talvez isso nem acontecesse, por mais que eu queira. — Para de palhaçada! A gente vive dizendo que não é nada disso que vocês falam...— Meu tom foi abaixando conforme chegava ao final da frase, a certeza não estava totalmente presente. Será mesmo que a Violet não gostava de mim dessa forma? A pergunta sempre martelava minha cabeça antes de dormir. Complicado. Kylie e seu parceiro de crime deram um high five, provavelmente já tinham todos os seus planos malignos preparados, teria de tomar cuidado, ou então acabaria dividindo uma algema com a garota que eu gostava. Tenho calafrios sempre que penso no que deve se passar na cabeça dos dois, deve ser um lugar alegre no geral, mas lá no fundo tem aquele pedaço que maldade, que talvez não seja tão pequeno assim. Digo, eles são boas pessoas, mas suas ideias costumam me deixar um pouco nervoso. Jones agradeceu pela permissão para usar o quarto, e ainda disse que eu era melhor pessoa daquele colégio, mas obviamente era tudo da boca para fora, dez minutos depois ele estaria me xingando porque deixei um copo d’água em sua mesa; felizmente já sei como acalmá-lo, Mason se faz de durão mas toda essa imagem se esvai quando alguém abre um vídeo de gatinhos fofos perto dele. Ainda não sei como acalmar a Kylie ou a Violet, mas vou descobrir isso algum dia, espero que antes da formatura.

Observei o rapaz alto se levantar, logo se dirigindo a porta. Foi nesse ponto que me caiu a ficha: iríamos nos atrasar, acabamos muito tempo de bobeira no dormitório. Juro que tento evitar isso, mas a conversa estava boa, não vi o tempo passar. O segui até a porta, saindo do quarto. Tinha ficado nervoso sobre perder a hora, tanto que checava o telefone de cinco em cinco segundos, tínhamos que ser muito rápidos.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://instlerosey.forumeiros.com
Meiss

avatar

Mensagens : 29
Reputação : 13
Data de inscrição : 16/01/2016
Idade : 17
Localização : no fundo do poço

MensagemAssunto: Re: [RPG] Turnos aqui   Sab Fev 25, 2017 7:41 pm


Violet Jung
Interação: Ollie ♡, capeta e embuste (@Alasca tambem te amo htinha)
Local: Dormitório de Oliver e Kylie
Já tinha perdido a conta de quantas vezes nós já tinhamos planejado as coisas sem avisar o Oliver. As vezes eu ficava meio mal já que o Ollie é um amorzinho e não merece um bando de demônio, vulgo eu, Mason e Kylie como amigos. Mas ai depois de cinco minutos eu já esqueço e volto a ser escrota com meus amiguinhos. E eu sabia que o Oliver não ia brigar, mas mesmo assim joguei toda a responsabilidade de contar o plano para Mason, já tendo em mente que ele iria querer me jogar da janela depois ou então ia se vingar na festa do pijama. Mason começou a convencer Oliver usando as coisas que ele gosta e que teriam na festa, tipo sua pizza preferida que todos falam que é horrível mas eu nunca comi e o karaokê com bandas da época que todo mundo era emo. Não que eu não goste dessas bandas, eu na verdade gosto muito mas finjo que não para não sofrer bullying dos dois embustes. Eu tentei ajudar Mason falando algumas mentiras para Oliver, era óbvio que a gente ia destruir alguma coisa, mas ele não precisa saber disso. Mason então completou falando de The Breakfast Club, que além de ser a tradição das festas do pijama, era o filme favorito de Oliver. Não tinha como ele não aceitar depois dessa.
Obviamente recebemos a aprovação dele para fazer a festa em seu quarto, e eu acabei ficando bem animada porque eu adoro ficar sem fazer nada e comendo, ainda mais com pessoas super especiais tipo o Oliver e resto. Eu meio que brinquei com Oliver falando que amava ele, e infelizmente minha tentativa de falar isso mais baixo para que os dois embustes não ouvissem não deu muito certo, já que logo depois Mason começou a nos zoar. Oliver tentou explicar que não era nada disso que eles falavam. Bem, eu não teria tanta certeza se fosse ele. – Sim, não é nada disso que vocês falam. Somos apenas amigos.– Disse, com a cara fechada. Eu não queria ser só amiga dele, mas as chances de algo acontecer eram bem pequenas, já que provavelmente ele não gostava de mim desse jeito. A vida é uma bosta mesmo. Mason agradeceu por Oliver ceder o quarto, falando que ele era a melhor pessoa do colégio, mas era óbvio que ele não estava sendo sincero, não dá para confiar muito no Mason.
Acabamos passando muito tempo conversando no quarto, esquecendo que tínhamos aula com o professor mais encapetado da escola. Eu fico com inveja de pessoas que tem professores legais, tipo uma amiga minha que tem um professor super lindo e maravilhoso de Biologia, enquanto o nosso eu nem lembro que existe. Uma bosta. Enfim, peguei meu material  me dirigi até a porta, seguindo o pessoal. Se não chegássemos logo, iríamos levar falta, então tínhamos que correr, mesmo com a preguiça que eu estava. Eu vim ao mundo para sofrer, mesmo.


Kylie Graham
Interação: Oliver, ronquifuça e sopão (@Alasca tambem te amo gatinha)
Local: Dormitório
Até hoje ninguém sabe como que o Oliver nunca tentou nos estrangular. Nós sempre acabávamos o metendo nas nossas merdas, e mesmo assim ele continuava falando com a gente. As vezes eu acho que ele é masoquista, porque não é possível. Eu e Violet acabamos deixando o Mason com a grande responsabilidade de contar sobre a festa para Oliver, e dava para ver o ódio em seus olhos em nossa direção. Só espero que ele não tente me matar de noite. Mason e Violet usaram de tudo para convencer Oliver a deixar ter uma festa no quarto, indo do karaokê de músicas super emos que o Oliver adora até a pizza de abacaxi horrorosa qur ninguém sabe como ele pode gostar disso, e por isso eu acho que ele tem um mau gosto gigante. Eu já sabia disso, na verdade, ele gosta da Violet, aquela rata. Quanto mau gosto.
Oliver obviamente deixou usarmos seu quarto, que também era meu, para a festa. Ótimo, pois se ele não deixasse eu iria o jogar pela janela e fingir que foi um acidente. Logo depois tivemos uma bela cena que eu irei guardar na minha mente para propósitos futuros, que era a Violet falando para nosso querido Ollie que o amava. Mason na mesma hora olhou para mim, logo depois os zoando, e obviamente eu segui o fluxo, é muito legal zoar os dois.– Eles são um casal muito fofo, né? Aposto que o casamento vai ser lindo.– Eu devo ser a pessoa que mais incentiva os dois a ficarem juntos, quando eles estiverem juntos com dois cachorros e um gato, eu espero que lembrem de agradecer a minha pessoa por ser uma ótima cupido. O Mason não liga tanto quanto eu, na verdade geralmente ele faz as coisas porque eu obrigo e talvez já tenha soltado algumas ameaças, mas nada muito sério, eu acho. Ainda acho que algum dia algum dos meus amigos vai me denunciar para a polícia, acho bem provável.
Mason acabou nos lembrando que a vida era uma bosta e nós tínhamos aula no dia, e para começar teríamos aula com um professor super irritante e que eu tenho vontade de esfregar a cara no asfalto e depois passar por cima com um caminhão. Eu não sei dirigir um caminhão, então só esfregaria a cara dele no chão mesmo. Nós tínhamos que correr para não chegarmos atrasados, mas eu estava com tanta preguiça que preferia levar uma falta mesmo e depois pedir a Deus para passar de ano, que era basicamente o que eu fazia todo ano. Peguei minhas coisas e comecei a seguir o pessoal, pedindo para que o professor tivesse faltado ou algo assim, mesmo sabendo que isso provavelmente era impossível. Uma bosta.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
deantrbl trash
Admin
avatar

Mensagens : 34
Reputação : 2
Data de inscrição : 16/01/2016
Idade : 15
Localização : Floresta encantada de Nárnia

MensagemAssunto: Re: [RPG] Turnos aqui   Seg Fev 27, 2017 4:40 pm

Segunda-Feira — 9:00 pm
Clima: Frio, nevando

O dia está chegando ao fim, e junto vem a famigerada hora de dormir. Todos cumpriram suas obrigações de comparecer as aulas, fazer seus exercícios e revisar para as provas que se aproximavam. Digo, alguns revisaram, outros apenas se apoiaram no colega ao lado para tirar fotos e xerox de todas as anotações e resumos necessários! Nossos pequenos anjinhos estão exaustos depois de um dia tão cheio, mas nem pense  que acaba por ai, grande parte dos alunos tem uma “despedida” diferente antes do período de provas finais, sendo das formas mais calmas as mais barulhentas.
Citação :
L E I T U R A O B R I G A T Ó R I A

Finalmente o horário de aulas e revisões terminou, agora todos poderiam finalmente ter algum tempo de lazer antes de irem para a cama. Alguns fizeram planos com os amigos para noite, enquanto outros preferem continuar estudando ou até mesmo ir dormir de vez. Uma festa do pijama foi programada, mas nem todos irão comparecer, até porque é preciso ser convidado. Se ainda não foi, converse com os responsáveis, talvez ainda dê tempo! Mas, caso não seja do seu agrado, o portão da escola estará aberto 24h para qualquer aluno que precisar de uma saída rápida.


LISTA DE DORMITÓRIOS
101 — Violet Jung, Mason Jones
102 — Kylie Graham, Oliver Hwang
103 — Allison Sætre, Olivia Bell

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://instlerosey.forumeiros.com
deantrbl trash
Admin
avatar

Mensagens : 34
Reputação : 2
Data de inscrição : 16/01/2016
Idade : 15
Localização : Floresta encantada de Nárnia

MensagemAssunto: Re: [RPG] Turnos aqui   Qua Mar 01, 2017 10:18 pm


mason jones
¹⁷ ᵃᶰᵒˢ | ᶠᵒᵗᵒᵍʳᵃᶠᶤᵃ | ᵛᵃᵍᵃᵇᵘᶰᵈᵒ
interacting with ☾ ma gurl
local ☾ cafeteria

O dia inteiro tinha sido o mais perfeito caos, como o inferno na Terra, só que frio. Além da aulas, tive que andar de um lado pro outro procurando o Oliver para tirar xerox das anotações, depois fiquei para cima e para baixo pedindo esmola para pagar o xerox, pobre é uma merda. Eu copiei a maioria das coisas, mas as vezes esqueço que tenho um caderno e tudo acaba em folhas soltas, jogadas pela minha mochila e escrivaninha. Quando finalmente tive um momento de sossego, as nove da noite, estava na cafeteria bebendo o bom e velho milkshake, enquanto via algumas últimas coisas para a festa do pijama, teria de ser sensacional. Além de pizza, filmes e verdade ou desafio, planejava sair e comprar algum jogo de tabuleiro ou algo assim, e também ia precisar de um cabo HDMI para o karaokê. A pobreza não permite um daqueles DVDs que vem com microfone e tudo, então nos resta conectar o computador na televisão, ver os videos de karaokê no youtube e usar um microfone que comprei a um tempo atrás. Não tem pontuação, mas continua divertido. Fiquei com um pouco de medo de que os outros acabassem dormindo e esquecendo de nossos incríveis planos, a melhor ideia foi ligar para a Kylie, já que ela planejou tudo comigo. A mataria caso esquecesse. Disquei seu número e esperei, sorri ao perceber que ela atendeu e parecia animada. — Tudo pronto? — Tinha combinado mais cedo que ela iria ajeitar as coisas no quarto, enquanto eu ia pegar todas as permissões para sair a noite, pedir comida e etc. Esperava não ter esquecido nada. — Eu estou na cafeteria, chame os outros e venham aqui me ver, depois a gente vai vestir o pijama. — Me despedi ao dizer isso e encerrei a chamada. Continuei bebendo meu milkshake, visivelmente mais animado. Tinha muitas ideias em mente, já tinha pensado em alguns desafios e perguntas para a brincadeira, escolhido algumas músicas para o karaokê e procurado jeitos de vencer em todos os jogos de tabuleiro. Já tinha o número da pizzaria salvo no celular, então não seria necessário me preocupar, talvez até ganhássemos desconto por sermos clientes frequentes. Enfim, tudo estava as mil maravilhas, aquela festa do pijama seria sensacional. Até a Kylie tinha planos, e ela nunca planejava nada, sempre seguia com o fluxo e esperava para ver o que a vida tinha reservado para ela. Não sabia dizer se mais alguém iria se juntar a nós, o que nos restava era esperar, quem sabe alguém pedisse para participar.


oliver hwang
¹⁶ ᵃᶰᵒˢ | ᵉˢᶜʳᶤᵗᵃ ᶜʳᶤᵃᵗᶤᵛᵃ | ᵐᵒᵈᵃ
interacting with — cachorra louca, violet ♡ e mason (@meiss t amoh)
local — top

hAVEN’T YOU PEOPLE EVER HEARD OF CLOSING A GOD DAMN DOOR — falafalafalafala — whERE IS YOUR BOY TONIiIiIiIiIiiiIIIiGHT
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://instlerosey.forumeiros.com
Meiss

avatar

Mensagens : 29
Reputação : 13
Data de inscrição : 16/01/2016
Idade : 17
Localização : no fundo do poço

MensagemAssunto: Re: [RPG] Turnos aqui   Qui Mar 02, 2017 7:20 pm


Kylie Graham
Interação: oliver, ronquifuça e masonho  
Local: cafeteria

Como eu imaginava, o dia foi bem cansativo. Se não tivesse a esperada festa do pijama nessa noite, eu já estaria jogada na cama e praticamente morta enquanto via Oliver colar post-it por todo canto do quarto. Não faço ideia do porque ele faz isso, todo mundo sabe que ele vai tirar uma nota boa sem esforço nenhum. Eu passei o dia inteiro correndo atrás do Oliver junto dos outros, tirando xerox, fotos e anotando tudo que eu acha importante. Ou seja, meu livro está todo amarelo por causa do marca-texto, já que eu achei tudo importante e tinha potencial de cair na prova. Ou seja, meu livro tá uma desgraça e minha mãe vai me matar por isso. Todo mundo só foi conseguir descansar pela noite. Na verdade, os outros foram descansar, eu fiquei no quarto ajeitando tudo para a festa, já que tinha de ser perfeita, seria uma despedida antes das provas finais então tinha de ser sensacional. Já tínhamos combinado que teria pizza que é algo incrível tirando aquela que o Oliver gosta, karaokê, que seria meio de pobre mas tudo bem, teria os filmes que eram as tradições das nossas festas e também um verdade ou desafio, que eu já tinha planejado tudo e ia ser incrível, todos iam adorar. Mason me ligou um tempo depois, provavelmente para ver se estava tudo certo  no quarto. Eu atendi um pouco mais animada que o usual, já que geralmente eu pareço drogada para tudo por só ter um tom de voz. — Oi, Masonho. Ah, aqui tá tudo pronto, eu acho. — Disse, enquanto olhava em volta, para ver se estava tudo certo. O Oliver tinha arrumado o quarto todo uns dias antes, já que ele era meio paranoico com limpeza, e eu até tentei deixar tudo bonitinho, mas acabei bagunçando minha escrivaninha toda. Bem triste. Mason logo depois disse que estava na cafeteria e que era para eu chamar os outros e ir para lá, e então depois vestiríamos os pijamas. — Certo, vou chamar os dois e já chego aí. — Me despedi depois disso e a chamada encerrou. Oliver e Violet estavam no quarto ao lado, onde o Oliver provavelmente estava sendo feito de escravo ou professor particular pela Violet, aquela embuste.  Entrei no quarto visivelmente animada, chamando um pouco de atenção. — Então, meus amores, o Masonho falou que é para todo mundo ir para a cafeteria, e que depois nós vamos colocar os pijamas e começar a festa maravilhosa. Então vamos ou eu vou pegar vocês pelos cabelos e ir arrastando pelo chão até lá. — Disse, enquanto me encostava na parede, depois fazendo um sinal para me seguirem, começando a andar até o local. Era bom aqueles demônios estarem me seguindo, ou eu ia bater na cara deles até ficar roxa. Eu sou uma ótima amiga, super delicada com todo mundo e nunca ameacei meus amiguinhos, óbvio. Enfim, no curto caminho eu fui pensando se estava tudo seguindo como o planejado, já que não queria que desse tudo errado que nem tudo que eu fazia. Chegamos na cafeteria depois de um tempo, e eu procurei Mason, achando um tempo depois, indo até ele. — Pronto, estamos todos reunidos. — Disse, dando um sorriso. Provavelmente iríamos para o quarto agora, mas fiquei esperando ver o que os outros iriam fazer ou falar alguma coisa.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
clara



Mensagens : 2
Reputação : 0
Data de inscrição : 04/01/2017
Idade : 15

MensagemAssunto: Re: [RPG] Turnos aqui   Qua Mar 15, 2017 11:08 pm


Olivia Bell
Interagindo com: Alli <3
Local: Dormitório

Estava na escrivaninha, desenhando no meu notebook. Comecei o desenho à umas 3 horas, acho. Sim, o desenho é de uma vocaloid; Yukari Yuzuki. Não, ninguém precisa saber que eu ainda gosto de animes e variados.
Bem que eu sinto saudades dos animes. A época minha com eles foi uma bosta, mas eu era uma criança 100% feliz e contente com a vida enquanto os assistia. Eu podia simplesmente virar uma garota mágica e sair detendo bruxas. Isso em nome da lua, também.
Enfim, eu devo ter ouvido sobre uma festa do pijama na escola. Eu não costumo participar dessas coisas; acho que não tenho como aproveitar. Eu vou ver se posso ir porque passar o dia inteiro no notebook certa hora fica chato, mas principalmente porque quero falar um pouco mais com a Allison. Sabe quando você é uma pessoa tapada e tonta mas alguém, um dia, finalmente consegue chamar sua atenção? Então. Acho que pode ser divertido, a Alli deve curtir também. Alli... será que alguém mais a chama assim? Deve ter... comida, música, e algumas atividades diferenciadas. É, deve ser legal.
— Allison, tá sabendo da festa do pijama que vai ter? — Me virei para ela, ainda sentada na cadeira. — Quer vir comigo? Pode ser legal.
Acho que consegui falar com ela sem parecer uma idiota, já é um avanço. Fiquei imaginando as coisas que podiam ocorrer. Meu Deus, eu não posso criar expectativas.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: [RPG] Turnos aqui   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
[RPG] Turnos aqui
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» [Jump Festa] FFXV / Type-0 HD - todos os detalhes aqui! + Trailers
» Curitiba Ludica na Megacon - 05/07/14
» Já devia estar aqui
» Brazildetonados - Detonados e Let's Plays é aqui =D
» Eae galera,BralGamer aqui!

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
[RPG] Instituto Le Rosey :: O RPG-
Ir para: